O BLOG DE MARKETING DA ZNIT

Encontre-nos nas redes:

SEO: A estratégia pode melhorar o ranqueamento do seu site

Muitas das nossas ações na internet passam por um buscador. Tem uma dúvida? Precisa de uma indicação? Quer realizar uma compra? Com certeza uma pesquisa no Google já foi sua solução em uma dessas situações.


Publicado em 27 de julho de 2020

Mas com bilhões de buscas mensais, fazer com que seu blog, site ou domínio se destaque nos resultados pode ser uma tarefa difícil, e, hoje em dia, a concorrência cada vez maior.

E agora você deve estar se perguntando: então como eu posso vencer a concorrência e colocar o meu site no topo? 

Realizar a otimização do seu conteúdo é fundamental! E é por isso que compreender as táticas de SEO podem alavancar seu negócio.

Como funciona?

Começando pelo básico, SEO é a sigla para Search Engine Optimization – otimização para mecanismos de busca

Ele é um conjunto de incontáveis estratégias que podem ser aplicadas para otimizar o seu blog ou site, por exemplo, para garantir que ele esteja entre os melhores resultados em diversos mecanismos de busca, como o Google.

Essa lista é longa, e não é uma verdade absoluta. A relevância de cada critério de classificação pode variar bastante com o passar do tempo – até de um ano para o outro.

Então, hoje nós vamos te apresentar aos 10 melhores para se aplicar em 2020, de acordo com a Ahrefs

1. Backlinks 

Os backlinks direcionam de um site A para site B – são diferentes de links internos, por exemplo. Essas menções deixam seus links mais fortes, e por consequência, com mais autoridade.

Então, a quantidade de vezes em que seu link é citado por outro domínio é super importante. Mas tome cuidado! A qualidade dessas citações também é importante: de nada adianta ser mencionado por sites que não possuem nenhuma credibilidade. 

Os backlinks positivos são originados por sites de relevância e credibilidade reconhecida pelo Google. De acordo com diversas pesquisas, esse é um dos principais fatores de classificação para o algoritmo do Google. 

2. Relevância 

Para garantir os melhores resultados aos seus usuários, o Google dispõe de uma inteligência artificial que classifica melhor os especialistas em determinado tema.

Por esse motivo, é super importante ter autoridade nos assuntos que respondem as dúvidas da sua persona! 

3. Autoridade no tema

Na hora de solucionar problemas ou tirar uma dúvida, é importante ter o máximo de informações à sua disposição, não é mesmo?

Sendo assim, outro fator de classificação importante é a profundidade com que os temas são abordados, e os conteúdos mais superficiais com certeza não ganham a primeira página.

4. Autoridade do autor

Além de possuir autoridade no tema, é importante que o autor esteja relacionado a outras publicações semelhantes. 

Assim, o algoritmo entende que essa pessoa entende sobre o que está falando, e pode ser relevante para os resultados.

5. Data de publicação 

O impacto da data de publicação pode variar bastante, de acordo com as necessidades da sua persona.

Ao buscar por uma notícia, por exemplo, a atualidade com certeza conta muito para uma boa classificação. Mas em outras situações, como ao pesquisar uma receita de macarrão, nem tanto. 

6. Search intent 

Os resultados exibidos na primeira página também variam muito de acordo com a intenção expressa pelo usuário no termos de busca. 

Se uma pessoa tem interesse em saber “como fazer macarrão”, por exemplo, o Google automaticamente entende que ela está no modo de aprendizado, e vai apresentar resultados de acordo com essa necessidade.

7. Estilo de conteúdo 

Esse fator está relacionado ao formato dominante exibido nos resultados.

Na maioria das vezes, são páginas da Web,mas isso pode variar de acordo com a intenção do pesquisador, e podem surgir também vídeos, imagens e até podcasts. 

8. Tipo de conteúdo 

Os tipos de conteúdo que aparecem com maior frequência costumam se encaixar em um desses grupos: blog posts, produtos, categoria e landing pages.

9. Formato de conteúdo

Os formatos costumam variar principalmente em conteúdos informativos, que podem ser listas, notícias, tutoriais de como fazer ou artigos, por exemplo!

10. Ângulo de conteúdo

A forma como seu tema é abordado também influencia na hora do ranqueamento. É muito provável que um texto com dicas sobre como executar determinada tarefa apareça para pessoas que não sabem nada sobre o assunto, do que para aquelas que já possuem alguma experiência. 

Dessa forma, ser encontrado nos resultados gera valor e autoridade, e por esse motivo, isso é uma grande vantagem competitiva – são milhares de empresas competindo pelas posições na primeira página!

Não perca mais nenhuma novidade!

Assine nosso blog para receber os melhores conteúdos sobre marketing e vendas.