O BLOG DE MARKETING DA ZNIT

Encontre-nos nas redes:

Tipos de conteúdo que dão resultado

O marketing de conteúdo é uma estratégia baseada na produção de conteúdo de valor, ou seja, materiais relevantes para o público de uma empresa, com o objetivo de atrair a audiência e gerar vendas. O que muita gente não sabe é que o primeiro caso na história deste tipo de artifício foi a criação da […]


Publicado em 3 de agosto de 2020

O marketing de conteúdo é uma estratégia baseada na produção de conteúdo de valor, ou seja, materiais relevantes para o público de uma empresa, com o objetivo de atrair a audiência e gerar vendas. O que muita gente não sabe é que o primeiro caso na história deste tipo de artifício foi a criação da revista The Furrow em 1985.

Mas se o marketing de conteúdo existe a tanto tempo, por que só agora você ouviu falar nele?

O fato é que ele está tão atrelado a todos os produtos que conhecemos que mal nos damos conta da sua presença. Tem se ouvido muito a respeito do marketing de conteúdo com a criação da internet, já que muitas empresas têm feito uso desta estratégica para alcance de visibilidade da marca ou educação do público.

Mas não adianta criar qualquer conteúdo, é preciso saber quais deles darão certo para o seu público.

Há inúmeros formatos (muitos mesmo), por isso é necessário conhecê-los para aplicar conforme as necessidades da sua empresa. Mas, se já sabe quais assuntos falar e quando publicá-los, este artigo foi feito especialmente para você.

Continue lendo e descubra quais tipos de conteúdo dão resultado!

Conteúdo em vídeo

Com certeza, você já ouviu dizer que os vídeos têm arrasado nas métricas e feito muito sucesso ultimamente.
Isso porque eles são mais fáceis de compartilhar e consumir, além de se adaptarem a várias plataformas. Ou seja, o usuário não precisa reservar um tempo exclusivo para assistir um vídeo da mesma forma que necessita para ler um blog post.

Para comprovar essa teoria, basta saber que o YouTube é o 2º maior site de buscas do Brasil, ficando atrás somente do Google. Se não bastasse, o Instagram, Facebook, Netflix e sites de notícias tem investido no formato para alimentar a audiência com mais dinamismo, gerando, até mesmo, empatia.

Então, se você está pensando em criar algum conteúdo que é difícil passar para o papel, invista agora mesmo em um vídeo. Os custos de produção e edição estão cada vez menores e lembre-se: o mais importante é o que está sendo dito!


Imagens

Você sabia que posts com imagens tem mais chances de gerar engajamento do público?

Isso acontece porque elas são facilmente visualizadas e chamam atenção logo de cara! Não importa se são fotos, artes gráficas, infográficos ou prints. O essencial é que elas existam em suas redes sociais e relevem traços da identidade visual da empresa.

Lembre-se somente de compartilhar imagens autorais ou aquelas que você tem permissão para usar. Existem bancos que fornecem gratuitamente, como o Freepik, Unsplash e o Pixabay.


Infográficos

Você tem alguma informação complexa e cheia de detalhes, que mal dá para explicar no seu texto? Então é a hora de investir em infográficos.

Essas representações visuais facilitam que o público entenda dados ou conteúdos complicados, além de serem ótimos para contar as histórias da sua empresa. São simples de se fazer e misturam textos com imagens, figuras e/ou outros elementos, além de serem de fácil consumo e compartilhamento nas redes sociais.

Uma ótima ferramenta para criação deste formato é o Infogram. O site apresenta uma versão gratuita, com designs prontos para mapas interativos, relatórios, painéis integrados, gráficos e publicações online.​

Podcast

Nem tudo na internet é feito só de imagens ou texto. Cada vez cresce mais a demanda por conteúdos em áudio e que facilitam o consumo e a vida do usuário, podendo ser escutados no carro ou no ônibus.As empresas disponibilizam listas, seleções de músicas ou simplesmente falam e expõem suas opiniões sobre os mais diversos assuntos e áreas de atuação.

Blog Post

Os blogs posts são a essência de qualquer marketing de conteúdo e, certamente, garantem o ranqueamento das publicações no Google, de modo a ter maior retenção e a experiência ativa do público.

Ebooks

Os ebooks, mais conhecidos como materiais ricos, são produzidos para públicos de topo e meio de funil e têm como objetivo a educação do leitor e a geração de leads.Os textos são diagramados de acordo com a identidade visual da empresa e podem ser disponibilizados por meio de landing pages – páginas do site desenhados e pensados para que os usuários efetuem uma ação especifica, como cadastrar-se na sua lista de e-mails em troca do ebook.

Com tantas dicas, difícil agora é ficar sem postar.

Não perca mais nenhuma novidade!

Assine nosso blog para receber os melhores conteúdos sobre marketing e vendas.